Inspeção da linha de esgoto: por que é tão importante?

Os sistemas sépticos locais e os sistemas de águas residuais comunitárias desempenham papéis importantes no saneamento e na prevenção de doenças, removendo vírus, bactérias e parasitas nocivos. A inspeção da linha de esgoto é essencial, pois as fossas sépticas podem ser danificadas com o passar dos anos, o que pode levar à contaminação do meio ambiente e do abastecimento de água potável, resultando em um aumento do risco de doenças.

Inspeção da linha de esgoto

Um sistema séptico bem conservado resistirá melhor ao estresse de chuvas fortes ou inundações, sendo a inspeção da linha de esgoto necessária para garantir o funcionamento adequado.

Durante chuvas fortes e inundações, o solo pode ficar saturado, impedindo o bom funcionamento do sistema. Dentre os sinais de que um sistema séptico não está funcionando corretamente, podemos citar:

  • pias drenando a água muito devagar
  • a água da descarga no o vaso sanitário demora para fluir
  • ruídos nos ralos, encanamentos e torneiras
  • mal cheiro subindo do ralo

Todos esses problemas e outros ainda maiores podem ser evitados desde que seja feita uma inspeção da linha de esgoto por profissionais de forma a se certificar que as fossas sépticas e o encanamento estão em perfeitas condições.

Porque deve ser feita

Imagine, por exemplo, que o esgoto não está fluindo como deveria e que, junto a isso, exista algum vazamento nos canos de abastecimento de água em sua residência ou empresa. As águas residuais provavelmente entrarão em contato com a água potável, o que poderá (e vai) causar contaminação em todos aqueles que a ingerirem.

Suponhamos que essa questão envolva um edifício residencial ou uma empresa – você consegue ver a gravidade do problema? É exatamente devido a isso que a inspeção da linha de esgoto precisa acontecer com regularidade, especialmente se houver indícios de que existe algum comprometimento na mesma.

Há quanto tempo você não inspeciona os sistemas de águas residuais em sua residência ou comércio?

Empresa Limpa Fossa em São Paulo

Agora que você já sabe de como é importante a inspeção da linha de esgoto para evitar doenças e riscos à saúde, bem como ao meio ambiente, não espere mais e conte com a Limpa Fossa, uma empresa do grupo Esgotécnica.

Contamos com pessoal qualificado, treinado, e experiente não apenas para inspecionar o esgoto, mas que oferece diversos outros serviços como os que estão citados logo a seguir:

  • limpeza de tubulações
  • desobstrução de linhas de esgotos
  • limpeza de caixa de gordura

Possuímos todo o material e equipamento necessário para a inspeção da linha de esgoto, além de caminhões que não só ajudam na limpeza e desentupimento como também no transporte de efluentes para os locais adequados.

Contate a Limpa Fossa Esgotecnica agora mesmo e aproveite para tirar suas dúvidas, se informando melhor a respeito de nossos serviços e demais detalhes. Nossa equipe lhe atenderá com prontidão e todo profissionalismo, prestando o serviço necessário com eficiência e conforme você necessita, portanto ligue já no telefone informado aqui no site ou envie-nos uma mensagem!

Limpa Fossa ABC Paulista

Limpeza de fossa séptica: entenda como funciona!

Se você não entende sobre limpeza de fossa séptica, esse assunto pode lhe parecer algo bem complicado. No entanto, limpar fossas não é tão desagradável quanto você pensa desde que você conte com uma equipe profissional e experiente, que possua os equipamentos apropriados!

Limpeza de fossa séptica

Assim que a empresa de limpeza de fossa chegar em sua casa, o primeiro passo é localizar a fossa séptica. Se você se mudou para a residência há pouco tempo, o mapa que acompanha os documentos de inspeção do proprietário pode ajudar o profissional a localizar a fossa séptica e abrir a tampa de acesso.

Examinando os níveis de efluentes

Em seguida, o especialista em limpeza de fossa séptica avaliará os resíduos no tanque para determinar se os níveis estão normais, muito altos ou muito baixos.

Fatores como vazamentos e rachaduras, problemas de drenagem, entre outros, podem resultar em níveis excessivamente altos de fluidos no tanque. Níveis altos significam que os fluidos residuais que vêm de sua casa não estão fluindo para o esgoto como planejado.

Esta inspeção pré-bombeamento dos níveis de fluidos no processo de limpeza de fossa séptica é muito importante, pois o técnico pode determinar se o seu sistema funciona corretamente e recomendar os reparos necessários ou a substituição dos componentes defeituosos.

Bombeie o tanque

Os especialistas em limpeza de fossas sépticas usam caminhões a vácuo com uma bomba e uma mangueira resistente para remover os resíduos dentro do tanque. O técnico irá inserir a mangueira na fossa através das tampas abertas e remover todo o conteúdo do tanque séptico.

Por meio de um mecanismo de sucção, a mangueira transfere os resíduos da fossa para o caminhão e, então, descarta em um local afastado.

Limpe o tanque

Após retirar o efluente do tanque, o técnico utilizará água doce para enxágue e limpeza de fossa séptica, o que pode ser feito com um jato de água (hidrojateamento). Limpar a fossa com água doce também ajuda o técnico a inspecionar o tanque em busca de quaisquer sinais de danos físicos.

Com base nos resultados da inspeção, a empresa de limpeza de fossas recomendará com que frequência você deve bombear e limpar a fossa séptica:

  • a recomendação geral é que os proprietários tenham como fazer limpeza em fossa uma vez em um período de três a cinco anos – o conselho do especialista dependerá de fatores como a frequência de uso e o tamanho da sua casa.

A limpeza de fossa séptica regular pode mitigar reparos caros e ajudar a manter os padrões de higiene adequados em sua casa.

Limpa Fossa Esgotécnica: conte conosco!

Se você está à procura de uma empresa especialista em limpeza de fossa séptica que seja qualificada e confiável, entre em contato agora mesmo com a Esgotécnica! Nossos profissionais estão à sua inteira disposição e dedicarão o tempo que for necessário para inspecionar e limpar a fossa completamente.

Na Limpa Fossa Esgotécnica, temos a experiência e as ferramentas para limpar, reparar e manter fossas sépticas em perfeito funcionamento, por isso ligue em nosso telefone fixo agora mesmo e solicite já um orçamento!

A importância do tratamento de efluentes industriais

Com a preservação do meio ambiente em pauta e a preocupação com questões envolvendo a sustentabilidade, é de tamanha importância discutir e o tratamento de efluentes industriais.

Os efluentes industriais são líquidos emitidos pelas indústrias. Eles possuem em sua composição, substâncias muitas vezes tóxicas, provenientes dos materiais usados na indústria, e que, com o contato direto com o solo e a água, poluem o meio ambiente.

O grau dessa poluição varia de acordo com a classe e o tipo de trabalho de cada indústria. Mas vale destacar, que o processo de tratamento precisa ser realizado, antes que esses efluentes entrem em contato com o meio ambiente.

No que constitui o tratamento?

O tratamento de efluentes industriais de fossas passa por processos físicos, químicos e biológicos, onde serão eliminadas as substâncias tóxicas que podem prejudicar o solo, a água, nascente e rios.

Quem faz o tratamento dos efluentes industriais são as limpa fossas, que realizam a coleta, sucção e transportes de líquidos efluentes e pastosos. As empresas e indústrias precisam contratar uma empresa especializada de limpa fossa que irá executar e fazer o melhor tratamento para esses efluentes.

Essas empresas possuem licença para fazer esse tipo de trabalho, além de possuir os melhores equipamentos e profissionais qualificados para a atividade.

Para fazer esse tratamento, é preciso uma série de observações em relação à variação dos tipos de efluentes industriais. Na legislação, consta que, quem é o responsável pela emissão desses efluentes industriais são as próprias indústrias que devem contratar o serviço especializado de limpa fossa para que seja realizado o tratamento. Caso isso não ocorra, essas empresas serão penalizadas pelos órgãos ambientais responsáveis.

Políticas ambientais

A importância do tratamento de efluentes industriais é uma questão política ambiental que interessa a todos. Todos têm o direito ao saneamento básico, bem como a higiene e a saúde, através da água tratada.

Os órgãos ambientais estão incentivando as empresas para reaproveitar a água de efluentes tratados, como uma alternativa de reaproveitamento da água que, após o tratamento pode ser utilizado para uso doméstico, como limpeza da dependência, equipamentos, irrigação de jardins e lavagens de pátios.

O crescimento e o monitoramento por parte da fiscalização, ajuda para que essas empresas sejam punidas se não fizerem o correto tratamento dos efluentes industriais que prejudicam tanto ao meio ambiente.

Nos últimos anos tem se notado que os órgãos ambientais têm sido bem severos com essas empresas que não cumprem com as leis, já que há uma a Resolução 430/2011, do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), para que seja realizado o tratamento de efluentes industriais. Além dessa Resolução, há também em cada Estado, decretos sobre a emissão de efluentes em águas.

Todas essas políticas ambientais ajudam para que não continuem ocorrendo estas falhas por parte das empresas.

Qual a importância desse tratamento?

De acordo com estimavas, a indústria é o maior demandador de água e essa demanda fica em torno de 23%. Apenas 8% é destino para os recursos humanos. Vendo essa comparação, é de tamanha importância as indústrias fazerem o tratamento de efluentes industriais para que se possa reaproveitar esta água, que irá contribuir não apenas com a sustentabilidade como também para a boa preservação dos solos e das águas.

O tratamento de efluentes industriais deve fazer parte da rotina da indústria. E deve ser pauta de uma elaboração de projetos de pessoas que sejam responsáveis por uma gestão de resíduos.

Não dar o destino correto dos efluentes industriais, corresponde a não ajudar a melhorar a questão da sustentabilidade, e também é considerado um crime ambiental, onde a empresa pode ser penalizada por esse tipo de ação.

O custo não é apenas para o meio ambiente, como também para as empresas que podem sair prejudicadas, já que estas precisam de uma licença ambiental para financiar projetos.

O próprio marketing verde está em alta e os clientes estão optando por empresas que possuem planos e estratégias envolvendo a sustentabilidade, e o tratamento de efluentes industriais é uma delas. O tratamento realizado é um ciclo onde todos ganham.

Fonte: MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE – CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE.

Como limpar caixa de gordura com bicarbonato

Como limpar caixa de gordura com bicarbonato

A caixa de gordura é um dos principais pontos da instalação hidráulica em diferentes ambientes. Essa estrutura é responsável por proteger toda a tubulação de entupimentos. Muito além disso, ela também protege o sistema de tratamento de esgoto, por evitar que a gordura vá para o sistema geral.

A caixa de gordura é tão importante que ela é obrigatória em toda nova instalação hidráulica, em casas, apartamentos e até mesmo em ambientes comerciais. Porém, muito mais importante do que a presença da caixa, é fundamental saber como deve ser feita a limpeza da caixa de gordura.

Essa limpeza pode ser realizada de diferentes maneiras e o bicarbonato pode oferecer um excelente auxilio para a limpeza dessas estruturas.

A Esgotecnica é especialista nesse assunto e oferecemos os melhores serviços de limpeza e desentupimento de caixa de gordura. Com isso em mente, estamos trazendo algumas dicas para a limpeza ser realizada de forma eficiente e sem nenhuma dor de cabeça.

Confira como você pode utilizar o bicarbonato para limpar a caixa de gordura!

O bicarbonato é uma excelente ferramenta para desentupir canos

Você sabia que o bicarbonato é uma excelente maneira de desentupir canos entupidos com gordura? Por causa de sua reação química com certos produtos, ele desprende placas de gordura e resolve diferentes obstruções.

O desentupimento com o bicarbonato funciona da seguinte maneira:

Retire toda a água de dentro da pia onde há o entupimento. Coloque uma colher de bicarbonato e em seguida jogue dois copos de água quente. Aguarde cerca de 15 minutos e adicionei um copo de vinagre.

Tape o ralo com uma tampa ou algum pano e espere alguns minutos. A mistura começará a efervescer liberando a sujeira que está bloqueando a passagem da água. Assim que a efervescência diminuir, retire o pano e jogue água fria dentro do cano para empurrar a sujeira.

Nota: Substituir água quente por suco de limão quente é uma ótima ideia, já que ele potencializa a mistura e deixa um cheiro agradável na pia.

Esse procedimento pode funcionar da mesma forma com a caixa de gordura caso ela esteja entupida. No entanto, é muito importante ressaltar que a caixa deve estar sem água para que o bicarbonato tenha o efeito esperado.

O bicarbonato como uma parte da limpeza da caixa de gordura

Enquanto o produto pode ser utilizado para desentupir a caixa de gordura, o melhor uso do bicarbonato está na limpeza periódica realizada na caixa de gordura. A limpeza é um dos pontos principais para garantir a manutenção de todo o sistema hidráulico de um local.

No caso da caixa de gordura, é necessário remover a gordura das paredes e da proteção do cano com uma certa frequência apontada pelos fabricantes. Cada tipo de instalação possui um período diferente, mas contam com várias similaridades.

Como limpar a caixa de gordura

A caixa de gordura deve ser limpa para evitar que ela entupa e também para evitar que o sistema de tratamento de esgoto seja prejudicado. A limpeza é bem simples e exige bastante trabalho manual.

Na maioria dos modelos, use as luvas para proteger as mãos e abra a tampa da caia de gordura com a chave de fenda. Se ela tiver um cesto de limpeza, basta retirá-lo pela alça e jogar toda a gordura dentro da sacola plástica.

Caso não possua o cesto, use as mãos (cobertas com luva) ou algum recipiente para tirar a gordura.

Nas caixas de gordura de alvenaria, os dejetos costumam grudar na parede e pode ser necessário uma espátula para a remoção completa do material.

E justamente nesse ponto que o Bicarbonato faz toda a diferença! Ao invés de ficar tentando remover a gordura com uma espátula e sem muita eficiência, você pode usar o Bicarbonato para limpar completamente as paredes e todas as peças que estão com acúmulo de gordura.

Utilizando o mesmo princípio do desentupimento dos canos.

Faça o mesmo procedimento indicado para desentupir canos dentro da caixa de gordura. O bicarbonato vai soltar as placas de gordura das paredes da estrutura e facilitar bastante toda a limpeza.

Lembrando que a caixa de gordura teve estar vazia e sem água para que a combinação dos produtos tenha efeito.

Quando deve ser feita a limpeza da caixa de gordura?

Essa é uma dúvida muito comum para quem tem esse sistema instalado em um ambiente e precisa realizar a limpeza. No entanto, não existe uma regra específica para determinar quando a caixa de gordura deve ser limpa.

O ideal é ficar de olho na quantidade de gordura presente na caixa, quando ela começar a encher, é hora de limpar. Um dos sinais de que está na hora de realizar a limpeza é o escoamento lento da água da pia ou então um barulho de gargalo quando a água está escoando.

De forma geral, é recomendado os seguintes períodos:

  • De 6 em 6 meses para as caixas localizadas em residências comuns;
  • De 3 em 3 meses para caixas de gordura de apartamentos;
  • De 1 em 1 mês em bares e restaurantes de pequeno porte ou pousadas e albergues;

Com esses períodos como base, é possível ter a certeza de que a caixa está em excelentes condições, sem representar riscos para você e sua família ou funcionários e clientes.

Limpeza profissional de caixa de gordura

A limpeza profissional é feita de forma diferente e é indicada para caixas de gordura maiores e que recebem muito fluxo de água ou que estejam em uma situação de entupimento completo.

A limpeza profissional é feita através de um tubo de sucção capaz de remover toda a gordura das paredes, do cano de entrada e saída e deixar a caixa livre da sujeira.

Lembre-se que é importante contar sempre com uma empresa profissional credenciada e com experiência. Procedimentos realizados de forma inadequado podem causar danos à caixa de gordura.

Por isso, conte com a Esgotecnica para limpeza de caixa de gordura em São Paulo, na região e no litoral.

Com mais de 20 anos de experiência, estamos prontos para atender a nossos clientes a qualquer momento. Realizamos limpezas rotineiras e também emergências, sempre com eficiência e agilidade.

Distância entre Fossa e Poço

Qual é a distância mínima entre fossa e poço artesiano

Você sabe a distância entre a fossa e o poço para garantira a sua segurança? Confira com a gente neste artigo!

A fossa séptica é uma das estruturas mais importantes em vários locais e em diferentes ambientes. As casas sem rede de tratamento de esgoto dependem muito das fossas para realizar o tratamento de esgoto.

Esse sistema é crucial para garantir a saúde das pessoas que convivem em um ambiente e também para evitar a contaminação do meio ambiente e da água em lençóis freáticos e rios.

As fossas são muito comuns nas residências e comércios localizados dentro das zonas rurais, onde o saneamento básico ainda é uma dificuldade. Porém, geralmente as propriedades que utilizam a fossa séptica, também possuem o poço artesiano.

Como é de se imaginar, é preciso tomar bastante cuidado com a instalação desses dois sistemas, afinal, a fossa não pode oferecer riscos de contaminação para o poço e prejudicar a saúde dos moradores.

A Limpa Fossa Esgotecnica é especializada nesse tipo de sistema e por isso estamos aqui para esclarecer as dúvidas de nossos clientes para que você não corra riscos com a sua família.

Porém, para entender a necessidade da distância entre a fossa e o poço, precisamos saber como o sistema realmente funciona.

Fossa séptica e Fossa negra: Qual a diferença?

Existem dois tipos principais de fossa, a séptica e a fossa negra. Porém, atualmente só é permitida (e recomendada) o uso da Fossa Séptica. Mas por que?

Bom, a Fossa Negra não possui nenhum tipo de mecanismo de tratamento de esgoto. A única coisa que ela faz é afastar os dejetos de local de origem. Ou seja, a fossa negra é apenas um buraco na terra.

Isso faz com que os dejetos sejam filtrados para o solo, contaminando o meio ambiente, principalmente os lençóis freáticos. Sendo assim, existe um risco para toda a água retirada da propriedade.

Portanto caso a sua propriedade possua a fossa negra, é necessário desativar o a fossa e construir uma fossa séptica.

Como a fossa séptica funciona?

Diferente a fossa negra, a fossa séptica tem todo um procedimento de tratamento de esgoto. Esse tratamento é realizado por bactérias anaeróbicas que neutralizam os dejetos e retiram os coliformes fecais e outros riscos à saúde.

O produto final é totalmente seguro para ser despejado no ambiente como forma de adubo orgânico. Ou então ele pode ser filtrado e devolvido ao solo sem causar nenhum problema ao meio ambiente.

Com isso, o risco aos lençóis freáticos é praticamente nulo, garantindo muito mais segurança para os moradores.

Qual é a distância entre a fossa séptica e o poço?

Mesmo com a fossa séptica sendo totalmente segura e oferecendo um tratamento de esgoto bem completo. É fundamental que haja uma distância mínima entre a fossa e o posso.

Segundo a recomendação dos profissionais que atuam no setor, a distância mínima é e 15 metros. Isso evita problemas de contaminação, mesmo em casos em que a fossa não funciona como deveria.

Cuidados com a Fossa Séptica

Para que a fossa séptica funcione de forma correta e não contamine o ambiente, além da distância entre a fossa e o poço, é preciso que a estrutura esteja em boas condições.

A fossa séptica precisa de cuidados desde a sua construção. Primeiro, a fossa só pode receber a água do vaso. A água da pia e a água do chuveiro carregam sabão, shampoo e outros produtos químicos que matam bactérias.

Caso esses produtos cheguem até a fossa, as bactérias responsáveis pela bio digestão acabam morrendo e a fossa não tem mais o funcionamento que deveria.

Esse cuidado também serve para a limpeza que nunca deve ser feita com o uso de produtos químicos, para evitar o mesmo problema citado acima.

Outro cuidado importante é nunca deixar que a fossa fique cheia. Isso faz com que os dejetos que estão sendo jogadores transbordem e também contaminem o meio ambiente.

Enquanto a parte líquida dos dejetos é liberada para o solo através de um sumidouro ou então como adubo orgânico, a parte sólida, o lodo, precisa ser removido de forma mecânica.

Isso deve ser feito através de caminhões com aspiradores especiais e preparados. O destino do lodo também é importante.

A parte sólida de dentro da fossa nunca deve ser jogada em lugar não regulamentado. É fundamental que o lodo seja colocado em aterros regularizados pelo governo.

Para ter a garantia de que essas normas serão seguidas, o melhor a se fazer é sempre contar com uma empresa especializada na limpeza de fossa.

Limpa Fossa Profissional

Se você mora em um ambiente que conta com esse sistema de tratamento de esgoto, você pode contar com a Esgotecnica Limpa Fossa! Com mais de 20 anos de experiência, oferecemos tudo o que você precisa para ter segurança e saúde.

Com frota própria de caminhões de limpeza, realizamos o atendimento com agilidade e eficiência. Também contamos com todas as normas e regulamentações necessárias para garantir que realizamos o descarte do lodo de forma correta.

Desentupidora de Fossa

Desentupidora de fossa: como fazer a melhor escolha

A Fossa séptica é uma importantíssima estrutura em milhares de lares e outros imóveis no Brasil. Em locais onde não há o acesso direto com a rede de esgoto, a fossa séptica cumpre esse importante papel de preservar pelo saneamento e saúde dos moradores.

A fossa tem um funcionamento que apesar de parecer bem simples, depende de uma série de fatores para que tudo funcione de forma adequada. Um desses importantes fatores é a manutenção de limpa fossa.

A limpeza de fossa séptica é fundamental para que ela não entupa e acabe prejudicando todo o saneamento básico da residência e do imóvel.  Mas, as vezes é possível que a fossa acabe entupindo e causando certos desconfortos.

Neste momento é importante contar com a ajuda de uma desentupidora de fossa profissional para evitar que você tenha ainda mais problemas com essa importante estrutura.

A Esgotecnica Limpa Fossa atua há mais de 20 anos na limpeza e no desentupimento de fossa. Oferecendo sempre para seus clientes tudo o que eles precisam para solucionar o problema.

Somos a melhor opção de desentupidora de fossa em São Paulo, litoral e interior! Com isso em mente, vamos trazer alguns fatores que você deve ficar de olho na hora de escolher uma desentupidora de fossa!

Como saber se uma fossa está entupida?

É preciso entender quando a fossa está entupida para saber a hora de chamar ajuda profissional para resolver o problema.

A fossa entupida tem sinais bem parecidos com o sistema de esgoto tradicional quando entope, ou até mesmo quando a fossa já está dando sinais de que está cheia.

Inicialmente você vai notar que há uma menor vazão de água no vaso sanitário, pias e ralos. Com o tempo pode haver o retorno de esgoto.

A fossa também pode apresentar vazamentos pelas tampas, pontos de alagamento no solo próximo ao local da fossa e até crescimento exagerado de grama no ambiente.

Ao notar esses sinais, procure uma desentupidora de fossa para realizar o desentupimento ou a limpeza.

Como escolher uma desentupidora de fossa

Na hora de escolher uma desentupidora de fossa em São Paulo, primeiro você precisa considerar o quanto as fossas sépticas são importantes e até mesmo sensíveis.

Por exemplo, a fossa conta com bactérias anaeróbicas e filtros que não podem sofrer danos para funcionar de maneira correta.

Ao contratar uma empresa que não se preocupa com a importância da fossa, ou simplesmente não possui as ferramentas e técnicas adequada, é possível danificar a estrutura e prejudicar todo o funcionamento da fossa.

Procure quem tem experiência

Na hora de contar com alguém para realizar a limpeza de fossa, nada melhor do que chamar alguém que já atua a um bom tempo no mercado.

Isso quer dizer que a empresa contratada tem um bom tempo de execução desse serviço e consequentemente tem bastante experiência.

Por ser um sistema delicado, o serviço de desentupimento de fossa é melhor realizado por quem tem bastante experiência.

Esse é o caso da Esgotecnica, que tem mais de 20 anos e experiência. Sendo assim, temos um quadro de funcionários altamente treinados e especializados, além de duas décadas comprovando a nossa qualidade aos nossos clientes.

Equipamentos de qualidade

O trabalho de desentupimento e limpeza de fossa não é realizado de forma completamente manual. Por isso, é fundamental que a empresa escolhida tenha todos os equipamentos para realizar o trabalho de forma adequada.

Desde desentupidores mecânicos até os caminhões limpa-fossa, é importante contratar sempre quem tem a disposição todas as ferramentas para realizar o desentupimento de fossa com eficiência e qualidade.

A Esgotecnica também se destaque nesse ponto, tendo equipamentos de qualidade, sempre com a manutenção em dia e a disposição de nossos clientes.

Conte apenas com empresas licenciadas

Como você já deve saber, a limpeza de fossa gera vários dejetos que não podem ser simplesmente jogados no meio ambiente. Os dejetos da fossa, tanto o sólido quanto o lodo, podem contaminar o solo e lençóis freáticos.

As empresas de desentupimento e limpeza precisa jogar os dejetos em aterros sanitários legalizados.

Por isso você precisa contar com empresas que são devidamente licenciadas. Essas licenças garantem que a desentupidora atua de acordo com todas as recomendações dos órgãos fiscalizadores.

A Desentupidora Esgotecnica conta com todas as licenças que atestam a nossa qualidade e respeito com o meio ambiente.

Temos as licenças da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo – CETESB, no Instituto Brasileiro de Meio Ambiente Renováveis, o IBAMA.

Utilizamos veículos equipados com tanques de capacidade variável, perfeitos para todo o tipo de serviço. Realizamos o esgotamento, limpeza e descarte com autorização de transporte junto a CETESB.

Com a gente você vai encontrar todos os elementos que citamos logo acima e com certeza terá o melhor serviço de desentupimento de fossa em toda a região e São Paulo!

Como limpar caixa de gordura

Como limpar caixa de gordura

A caixa de gordura é um sistema muito importante presente em todas as casas. Esse é um reservatório localizado entre o cano da pia da cozinha e o cano de coleta principal do esgoto.

É importante entender que o sistema de esgoto não está preparado para lidar com óleo e gordura.

Ao despejar esses materiais dentro da pia acontece a contaminação de uma grande quantidade de água, além de prejudicar consideravelmente o tratamento realizado pelas empresas de tratamento de água.

Além de prejudicar consideravelmente o tratamento de água realizado pela companhia de saneamento da cidade, o óleo jogado dentro do ralo da pia é um problema grave para qualquer ambiente.

A Limpa Fossa Esgotecnica realiza o desentupimento de canos e também a limpeza de caixas de gordura. Por isso, estamos trazendo algumas dicas sobre como limpar a caixa de gordura e porque esse sistema é tão importante para o seu encanamento.

O que é a caixa de gordura

O óleo é o grande inimigo dos canos do mundo inteiro. Em países europeus, com sistemas de esgoto da Era Vitoriana atualmente enfrentam problemas graves por causa do óleo jogado dentro das tubulações.

Não é diferente aqui no Brasil, o óleo pode acabar criando barreiras em todo o sistema de coleta de esgoto e causar problemas graves. Esses problemas vão desde gastos a mais pelas companhias de saneamento até alagamentos por entupimentos.

Já no ambiente privado, a gordura e óleo dentro do encanamento pode fechar canos completamente, causando um entupimento bem complicado de ser resolvido e exigindo equipamentos profissionais.

Com isso em mente, a caixa de gordura é nada mais do que um reservatório que impede que gordura entre pelo encanamento principal de esgoto. Esse sistema é tão importante que ele é exigido por lei em qualquer instalação hidráulica.

A ideia por trás do funcionamento é bem simples. A caixa de gordura tem um cano de entrada e um cano de saída logo abaixo, com uma cobertura. Essa cobertura permite que apenas água entre pelo cano e saída e não a gordura.

Com isso, a gordura fica acumulada dentro da caixa e não prejudica o resto do encanamento.

Quando realizar a limpeza de caixa de gordura

Como é de se esperar, a caixa de gordura precisa ser limpa e esvaziada com uma determinada frequência. Com o tempo a gordura acaba enchendo a caixa e evitando a passagem de água.

Isso causa transbordamentos e até retorno de água pelos ralos da cozinha. Situação nada agradável.

Portanto, assim que notar que a caixa de gordura está ficando cheia, é hora de realizar uma limpeza e retirar a gordura de entro da caixa.

Não existe uma periodicidade correta, afinal cada caixa terá uma capacidade diferente.

De forma geral, é recomendado os seguintes períodos:

  • De 6 em 6 meses para as caixas localizadas em residências comuns;
  • De 3 em 3 meses para caixas de gordura de apartamentos;
  • De 1 em 1 mês em bares e restaurantes de pequeno porte ou pousadas e albergues;

Como limpar a caixa de gordura?

A limpeza da caixa gordura residencial pode ser facilmente feita sem equipamentos profissionais. Aliás, alguns modelos de caixas até possuem sistemas de limpeza fácil, com um cesto especial para a remoção simples da gordura coletada.

Para limpar a caixa de gordura em casa você vai precisar de:

  • Luvas,
  • Sacolas de lixo,
  • Chave de fenda.

Use as luvas para proteger as mãos e abra a tampa da caia de gordura com a chave de fenda. Se ela tiver um cesto de limpeza, basta retirá-lo pela alça e jogar toda a gordura dentro da sacola plástica.

Caso não possua o cesto, use as mãos (cobertas com luva) ou algum recipiente para tirar a gordura.

Nas caixas de gordura de alvenaria, a gordura costuma grudar na parede e pode ser necessário uma espátula para a remoção completa do material.

Limpeza profissional de caixa de gordura

A limpeza profissional é feita de forma diferente e é indicada para caixas de gordura maiores e que recebem muito fluxo de água ou que estejam em uma situação de entupimento completo.

A limpeza profissional é feita através de um tubo de sucção capaz de remover toda a gordura das paredes, do cano de entrada e saída e deixar a caixa livre da sujeira.

Lembre-se que é importante contar sempre com uma empresa profissional credenciada e com experiência. Procedimentos realizados de forma inadequado podem causar danos à caixa de gordura.

Por isso, conte com a Esgotecnica para limpeza de caixa de gordura em São Paulo, na região e no litoral.

Com mais de 20 anos de experiência, estamos prontos para atender a nossos clientes a qualquer momento. Realizamos limpezas rotineiras e também emergências, sempre com eficiência e agilidade.

Garantimos segurança completa em todos os nossos procedimentos para você não passar raiva!

Fossa Cheia

Como saber se a fossa encheu e precisa ser esvaziada

A fossa séptica é uma das instalações mais importantes em diversas residências. Ela é usada principalmente para quem não recebe o atendimento da rede de coleta e tratamento de esgoto. Situação comum em bairros afastados do centro, zonas rurais e até mesmo em áreas urbanizadas.

Há também locais que optam por usar a fossa séptica para ter mais liberdade das taxas cobradas pelas prefeituras e para ar mais autonomia ao imóvel. Esse é um caso comum entre condomínios e plantas industriais.

Mas como é de se esperar, a fossa séptica exige bastante cuidado para que funcione de forma correta. Isso quer dizer que ela precisa ter não apenas uma instalação bem-feita, mas uma manutenção periódica. A principal ação preventiva em uma foça é a limpeza e esgotamento correto.

A Limpa Fossa Esgotecnica é especializada na limpeza de fossas com os melhores equipamentos e técnicas para garantir a segurança e integridade do sistema. É importante para os usuários desses sistemas entenderem como saber se a fossa encheu.

Continue com a gente a aprenda mais sobre esse importante fator da Fossa Séptica e esteja preparado para saber quando acionar o esgotamento da fossa.

Quando a fossa séptica precisa ser esvaziada?

Para saber quando a fossa séptica precisa ser esvaziada é preciso realizar uma inspeção visual dentro da própria fossa. Existem diferentes maneiras de fazer essa inspeção, alguns casos específicos são necessários contratar inspeção profissional, mas não é sempre o caso.

Algumas fossas possuem sistemas para uma fácil visualização da parte interna. De forma bem simples, basta abrir a fossa para saber se ela já está chegando ao nível necessário para o esgotamento.

Cada reservatório possui um nível diferente que deve ser informado pela construtora ou pela fabricante do equipamento. Geralmente, é recomendável que a limpeza deve ser feita quando o material dentro da fossa está a cerca de 15cm do cano de entrada de esgoto.

Existem alguns outros sinais que podem indicar que está na hora de esvaziar a fossa séptica. Eles são perceptíveis no dia a dia e durante o uso do encanamento:

  • Um dos primeiros sinais de que a fossa está cheia é que a vazão de água em torneiras e no vaso sanitário é restringia. Isso quer dizer que a água passa a ficar lenta ao descer pelo esgoto.
  • O barulho de borbulhas quando o sistema de encanamento é utilizado também representa sinais de problema com a fossa séptica.
  • Por fim, o sinal mais característico é quando a fossa séptica começa a transbordar pela tampa. Sinal de que é hora de realizar o esgotamento o quanto antes.

Existe periodicidade para limpar a fossa séptica?

Apesar de não existir uma periodicidade pré-estabelecida, a maioria dos profissionais e fabricantes diz que a fossa deve ser esgotada no mínimo uma vez a cada três anos.

Claro, isso depende bastante de alguns fatores como o tamanho da fossa e a quantidade de pessoas que utilizam o sistema de esgoto. Quanto mais pessoas, mais rápido a fossa vai encher e será necessário realizar o esgotamento.

Esses fatores podem fazer com que o esvaziamento da fossa tenha que ser feito uma vez por ano ou até menos.

O melhor é sempre ter essas informações diretamente do fabricante ou do construtor da fossa. Uma empresa limpa fossa também pode orientar na periodicidade correta para a sua fossa.

Como é feita a limpeza de fossa séptica?

A limpeza da fossa séptica deve ser feita por uma empresa profissional e bem equipada. Essa necessidade vem da complexidade desses sistemas. As fossas sépticas funcionam bem apenas quando possuem uma estrutura íntegra e sem defeitos.

Ao realizar a limpeza sem os devidos cuidados, é possível danificar a fossa e acabar prejudicando o funcionamento dela e impossibilitando o tratamento correto do esgoto.

Por isso, para realizara limpeza de fossa séptica é importante contratar uma empresa profissional, como a Limpa Fossa Esgotecnica.

A nossa equipe conta com todos os equipamentos necessários para realizar a limpeza de fossa com eficiência e segurança.

A limpeza é realizada primeiro com a abertura da fossa e liberação dos gases que se acumulam dentro do compartimento.

Depois, com o uso de um caminhão limpa fossa, com equipamentos de sucção, é realizado o esvaziamento da fossa de acordo com as normas padrões do mercado.

Por fim, todo o material coletado é depositado em um local adequado para receber esses produtos. Esse é um ponto importante, afinal, o material não pode ser devolvido de qualquer maneira para o ambiente.

A Limpa Fossa Esgotecnica conta com todas as licenças e registros necessários para garantir que traremos a melhor limpeza de fossa para seus clientes!

Além disso, atuamos de acordo com as normas para proteger o meio ambiente.

Com atendimento em São Paulo, litoral e região, você pode contar com a Limpa Fossa Esgotecnica a qualquer momento.

Esgotamento de Fossa

Esgotamento de fossa: tudo o que você precisa saber

Você já ouviu falar em esgotamento de fossa? Esse é um procedimento bastante comum, também conhecido como limpa-fossa ou simplesmente limpeza de fossa, ele consiste em retirar os dejetos dentro da fossa séptica para evitar o seu funcionamento.

A fossa séptica é uma estrutura importantíssima e fundamental para o dia a dia de muitos locais, principalmente aqueles afastados de grandes centros urbanos e que não contam com a coleta de esgoto.

A Limpa fossa Esgotecnica atua neste segmento por mais de 20 anos, sempre entregando um trabalho excelente e sem surpresas para nossos clientes. Com isso em mente, estamos trazendo uma série de assuntos interessantes e que você precisa saber sobre o esgotamento de fossa.

Esgotamento de fossa – O que você precisa saber

A fossa séptica é um sistema complexo de tratamento de esgoto, mesmo que seja usado em ambientes considerados mais “simples”. Apesar de não estar ligada com a rede de esgoto e com um sistema de tratamento moderno, existe uma série e procedimentos que tornam a fossa um sistema complexo.

Como funciona a fossa séptica

É muito importante entender como a fossa séptica funciona para saber o porque a limpeza e o esgotamento são tão importantes. Inicialmente, através de um processo de decantação, a fossa séptica faz a divisão dos resíduos sólidos do esgoto.

Ela retém os efluentes de uma casa em sua primeira “câmara”.  Durante este primeiro momento, o material sólido acaba sedimentando no fundo da fossa, formando o lodo, enquanto a parte líquida permanece acima dessas substâncias, flutuando na água.

A partir deste momento se dá uma complexa cadeia de eventos desencadeados por bactérias anaeróbicas. Esses micro-organismos trabalham para anular a nocividade do material presente na água.  Esse processo reduz os resíduos sólidos, líquidos e estabiliza a ação dos gases. A partir deste momento é possível jogar o líquido de volta à natureza sem contaminações.

Durante todo esse procedimento, os gases devem escapar através de estruturas criadas na própria fossa.

O lodo que fica no fundo da fossa séptica é o material sólido que não pôde ser decomposto durante esse processo. O seu retorno para o ambiente pode causar danos e a exposição aos humanos traz doenças. Por isso que a manutenção e limpeza da fossa são tão importantes.

Como é feito o esgotamento de fossa séptica

Como mencionamos, o material que sobre dentro da fossa pode ser prejudicial para o meio ambiente, por isso ele precisa ser esgotado e limpo de maneira correta e -nunca ser descartado no meio ambiente-. Cada fosse tem suas particularidades para limpezas, porém, existe um certo padrão para o procedimento.

  • A primeira etapa é a abertura das tampas da fossa, para que os gases possam escapar. Esse é um procedimento que não demora muito, mas é uma importante medida de segurança para garantir o bem-estar do operador dos equipamentos de limpeza.
  • Com os gases liberados, é usada uma mangueira de sucção para retirar os resíduos sólidos de dentro da fossa. Geralmente essa sucção é feita através do uso do caminhão limpa-fossa. Esse caminhão, além da mangueira de sucção, também conta com um contêiner especializado para esse tipo de material, que garante que não haverá derrame durante o transporte.
  • Agora, a empresa que realizou a limpeza deve sempre levar o dejeto até um aterro licenciado para realizada o despejo.

Pronto! Com isso a fossa está limpa e pronta para ser utilizada por mais um tempo.

Qual a periodicidade para esgotamento de fossa?

A periodicidade do esgotamento de fossa séptica não é uma ciência exata, afinal, isso depende de diferentes fatores que envolvem o uso da fossa, a quantidade de pessoas no ambiente, o tamanho do ambiente, o tamanho da fossa e outros fatores.

A melhor forma é calcular de acordo com as informações do fabricante ou então do responsável pela construção da fossa séptica.

Apesar da falta de periodicidade exata, é recomendado que as fossas sejam esvaziadas em um período trienal, ou seja de 3 em 3 anos para evitar problemas. Caso o uso seja moderado, com uma família de até 4 pessoas.

Ambientes com mais de 4 pessoas, recomenda-se um tratamento de 1 vez por ano ou então a cada 6 meses. É preciso observar a necessidade de cada estrutura e sempre seguir as recomendações do fabricante.

Quem deve realizar o esgotamento de fossa?

O esgotamento, ou limpeza, deve sempre ser feita por uma empresa devidamente licenciada e que esteja de acordo com todas as regras e normas exigidas pelo segmento. Esse é um passo importante, para proteger a fossa e para proteger o meio ambiente.

A Esgotecnica Limpa Fossa atua de acordo com todas as normas necessárias, utilizando frota própria e profissionais treinados.

Realizados o despejo apenas em locais legalizados, protegendo assim o meio ambiente!

Entre em contato com a gente e conheça mais sobre nossos serviços de limpa-fossa.

Limpeza de caixa de gordura: o que diz a legislação

A caixa de gordura é um dos pontos mais importantes no encanamento da cozinha. A sua função principal é garantir que o excesso de gordura não vá para a tubulação e acabe parando dentro da rede de esgoto e estação de tratamento. Além da estrutura, a limpeza de caixa de gordura também é fundamental.

Muito além de uma estrutura que oferece praticidade para evitar entupimentos, a caixa de gordura é uma estrutura exigida por lei para evitar a contaminação da água e do solo por conta da gordura derivada da limpeza de talheres.

A Limpa Fossa Esgotecnica realiza este serviço a mais de 20 anos, sempre com muita qualidade e eficiência, oferecendo as melhores soluções para os clientes e para o meio ambiente. Pensando na importância desses sistemas, estamos trazendo este importante artigo para todos os nossos leitores e clientes!

A limpeza da caixa de gordura é fundamental para evitar que a rotina de uma residência ou de uma empresa seja afetada por conta de entupimentos e outros problemas. É fundamental estar por dentro de pontos importantes para garantir que você está fazendo tudo corretamente!

Qual a importância da limpeza de caixa de gordura?

Como o nome já indica, a caixa de gordura é responsável por coletar a gordura que vem da limpeza de talheres, pratos e panelas na cozinha. Através da simples ação da gravidade, a água passa pela tubulação e a gordura fica retida na caixa.

Como muita gente sabe, a gordura tende a se acumular nos canos, causando bloqueios que são difíceis de serem resolvidos. Portanto, em primeiro lugar a caixa de gordura protege o esgoto da casa.

Em segundo lugar, a caixa evita que a gordura seja jogada no meio ambiente, contaminando o solo. E por último evita que toda essa gordura chegue à estação de tratamento, o que prejudicaria bastante todo o procedimento de tratamento.

Sendo assim, a limpeza da caixa de gordura é importante para evitar que o seu uso seja prejudicado. Como é de se esperar, eventualmente a caixa de gordura acaba enchendo, causando entupimentos, retorno de dejetos pelo ralo da pia e outros problemas.

Em situação mais grave, a caixa de gordura pode acabar transbordando, não apenas causando problemas de mau cheiro, mas também problemas de contaminação do solo.

O que a legislação diz sobre a limpeza da caixa de gordura?

Não existem legislações específicas para a limpeza da caixa de gordura. Porém, para o código ABNT NBR 8160:1999 estabelece as exigências e recomendações relativas ao projeto, execução, ensaio e manutenção dos sistemas prediais de esgoto sanitário e caixa de gordura, para atenderem às exigências mínimas quanto à higiene, segurança e conforto dos usuários, tendo em vista a qualidade destes sistemas.

O que é determinado por diversos setores e que pode até gerar multa, é não realizar a limpeza de maneira correta e acabar deixando que a caixa de gordura transborde. Outro ponto importante é que a vedação da caixa deve estar em bom estado para evitar infiltração.

Quando limpar a caixa de gordura?

Apesar de não existir uma legislação que demande um período mínimo de limpeza, é fundamental que esse procedimento seja feito para evitar problemas.

Com isso em mente, é preciso entender que, mesmo sem uma legislação específica, existe algumas recomendações que devem ser seguidas.

Para garantir o bom funcionamento da caixa de gordura, é necessário fazer a limpeza a seguinte periodicidade:

  • De 6 em 6 meses para as caixas localizadas em residências comuns;
  • De 3 em 3 meses para caixas de gordura de apartamentos;
  • De 1 em 1 mês em bares e restaurantes de pequeno porte ou pousadas e albergues;
  • No caso de grandes restaurantes, ou restaurantes com comida tipicamente gordurosa (cadeias de fast food) é necessário que a limpeza seja realizada com menos frequência, podendo chegar a uma limpeza por semana.

A importância de contratar uma empresa profissional para limpar caixa de gordura

Enquanto a caixa de gordura de uma casa ou apartamento pode ser limpa com certa facilidade e seus dejetos descartados sem muitos problemas (de preferência que sejam levados a uma empresa de tratamento), quando falamos de restaurantes e espaços maiores, é necessário contratar uma empresa.

Em caixas de gordura que recebem um grande fluxo de efluentes, a limpeza manual é muito difícil. Além disso, não há maneira de descartar os efluentes sem causar impacto para o meio ambiente.

Ao contratar uma empresa, como a Esgotecnica Limpa Fossa, você recebe todo o apoio para um serviço e que utiliza métodos e equipamentos que evitam problemas.

Com o uso do equipamento de sucção, a gordura é totalmente retirada da caixa e é transportada em veículos específicos, evitando o despejo em lugares inadequados. Contamos com todas as certificações e licenças que atestam que atuamos para proteger o meio ambiente e todos nossos clientes!