Recebimento de esgotos de fossas na Sabesp

recebimento de esgotos de fossas na sabespPara o recebimento de esgotos não domésticos, retirados por caminhões tanque limpa fossa, a Sabesp adotou a seguinte metodologia, dividida em 6 fases.

1. Autocaracterização – A primeira etapa é um levantamento realizado pela própria empresa. Em um formulário fornecido pela Sabesp, são descritos os processos de produção que geram esgotos, os principais poluentes encontrados, o consumo de água e seus usos. A indústria deve utilizar um laboratório químico credenciado pelo Conselho Regional de Química (CRQ) para fazer a coleta e as análises das amostras dos esgotos.

Técnicos da Sabesp testemunham a coleta e definem os pontos de amostragem e os parâmetros a serem analisados.

2. Controle de lançamentos (análise da autocaracterização) – Com base no relatório de autocaracterização, os técnicos da Sabesp estudam a viabilidade do recebimento e podem realizar uma visita técnica à empresa para conseguir mais dados.

3. Aceitação dos esgotos – Para ser aceito, as características físico-químicas do esgoto devem estar dentro dos limites estabelecidos para o lançamento de poluentes no sistema público de esgotos.

4. Interligação ao sistema – Terminadas as etapas anteriores, a Sabesp pode autorizar a interligação da empresa ao sistema coletor ou o recebimento dos esgotos através de caminhões nos Postos de Recebimento de Resíduos Líquidos.

5. Automonitoramento – Nesta fase, a empresa passa a ser responsável pelo controle de qualidade dos esgotos lançados no sistema público.

6. Auditoria – A decisão de realizar uma auditoria pode ser tomada para prevenir riscos, como no caso das categorias industriais consideradas perigosas, ou porque os resultados apresentados no Relatório de Automonitoramento precisam de mais esclarecimentos.

Contatos – Para mais informações sobre o recebimento de esgotos não domésticos na Região Metropolitana de São Paulo, entre em contato com as áreas responsáveis.

Na Região Metropolitana do Estado de São Paulo

marcador Estação Elevatória de Esgotos do Piqueri Av. Profª Suraia Aidar Menon nº 1495 – São Paulo / SP

marcador Estação de Tratamento de Esgotos do ABC R. Almirante Delamare, 3000 – Heliópolis – São Paulo marcador Estação de Tratamento de Esgotos Parque Novo Mundo Av. Educador Paulo Freire s/nº – Parque Novo Mundo – São Paulo marcador Estação de Tratamento de Esgotos de São Miguel R. João Lopes Maciel, 465 – Cidade Nitro Química – São Paulo marcador Estação de Tratamento de Esgotos de Suzano  R: Major Pinheiro Fróes, 1560 – Vila Maria de Maggi – Suzano No Interior e Litoral de São Paulo São Sebastião

marcador Estação de Tratamento de Esgotos Boiçucanga Endereço: Rua Amauri Teixeira Leite, 365-Boiçucanga

Itapetininga

marcador Estação de Tratamento de Esgotos Fazenda Boi Gordo Endereço: Rodovia Raposo Tavares s/nº

Pindamonhangaba

marcador Estação de Tratamento de Esgotos Crispim Endereço: Rua Alexandre Muassab, n. 750 – Bosque

São José dos Campos

marcador Estação de Tratamento de Esgotos Urbanova Endereço: Av.: Shishima Hifumi, No 590, Bairro Urbanova – São José dos Campos

Franca

marcador Estação de Tratamento de Esgotos  Franca Endereço : Rodovia Candido Portinari, KM 394,5

São João da Boa Vista 

marcador Estação de Tratamento de Esgotos  São João Endereço: Estrada Velha para Vargem Grande do Sul

Mococa 

marcador Estação de Tratamento de Esgotos Mococa Endereço: Estrada Velha Mococa X Cajuru

Fonte: http://site.sabesp.com.br/interna/Default.aspx?secaoId=52