Transporte de efluentes

Entenda tudo sobre transporte de efluente sanitário

O saneamento básico cresceu muito nos últimos anos. Milhares de locais que não recebiam abastecimento de água e não tinham sistema de esgoto receberam esses serviços, mas muitos locais ainda não possuem sistemas adequados para as coletas de esgoto e precisam do transporte de efluente sanitário. É um serviço essencial para que o esgoto possa ser removido das casas e empresas sem riscos à população.

Porém, esse transporte de efluentes não pode ser feito de qualquer jeito. É ideal que se contrate uma empresa especializada com os equipamentos corretos para que ele não ofereça riscos às pessoas. Dezenas de doenças são transmitidas a partir do contato com o esgoto e podem prejudicar toda uma população se não houver o cuidado necessário.

As empresas que fazem coleta

O transporte de efluentes sanitários não pode ser feito por qualquer pessoa, como já explicamos anteriormente. É necessário contratar uma empresa que tenha os equipamentos necessários, como caminhões equipados para o serviço, e possuam a licença para trabalhar dos diferentes órgãos reguladores, como o IBAMA e CETESB. Quando contratamos uma empresa sem essas qualificações, estamos contribuindo para que os efluentes sejam descartados em qualquer lugar e poluam o solo, rios e o ar.

Algumas exceções de efluentes

Mesmo com as licenças anteriores, alguns efluentes não podem ser coletados sem a prévia autorização dos órgãos responsáveis. Isso acontece principalmente em empresas. Nesses casos, é necessário fazer um pedido para o órgão responsável, a CETESB em São Paulo, para que o efluente possa ser removido e levado para a devida estação de tratamento.

A coleta dos resíduos sanitários

Os resíduos sanitários são responsáveis por espalhar dezenas de doenças em todos os cantos do mundo. Por isso, é essencial que ele tenha o menor contato possível com pessoas e com a atmosfera. Para conseguir tirar os efluentes do esgoto, fossas e caixas de gordura é utilizado um sistema de alto vácuo que capta os resíduos sem expor à atmosfera.

Caminhões preparados pro transporte de efluente sanitário

Os caminhões que farão o transporte de efluentes sanitários devem estar preparado para isso. Os resíduos não podem ter contato com a atmosfera antes de receberem o tratamento adequado. Por isso, eles devem ser selados. Além disso, existem diferentes equipamentos para as variadas situações, como o compressor de anel líquido, que permite remover efluentes em locais de difícil acesso. E a capacidade também deve ser levado em conta. O caminhão deve ter capacidade para receber os efluentes. Para ter ideia, existem no mercado caminhões que recebem de 2m³ e 45m³ de efluentes.

Os cuidados no transporte

Além dos equipamentos e profissionais especializados, é preciso tomar cuidado no transporte do efluente sanitário. A mistura de diferentes efluentes, como misturar esgoto com resíduos da caixa de gordura, por exemplo, pode impactar no tratamento final, porque cada um precisa de um processo diferente. É preciso ter precaução no trasporte e agir de acordo com a legislação.

Comentários para este post estão fechados.