Problemas causados por descasos com fossas

Uma cena comum de ver é os problemas causados por descasos com fossas. Seja em periferias, bairros menores ou maiores. Uma fossa estoura e dependendo do lugar, o esgoto corre meses a céu aberto.  Esse descaso pode atrapalhar e muito a vida das pessoas que vivem ali ou nos arredores.

As fossas nas residências são de responsabilidades dos próprios moradores. Em lugares públicos como praças, ruas, o serviço deve ser realizado pela prefeitura e órgãos responsáveis. Algumas pessoas até já se acostumaram com a situação, outras sabem que esse problema é um descaso e falta de respeito com o próprio cidadão.

A manutenção das fossas deve ser feita regularmente por empresas especializadas em limpeza de fossa licenciadas pela Cetesb para que o esgoto não polua o solo e entre em contato com as pessoas, rios e transmita doenças. O saneamento básico é um direito da população.

Por que o descaso não pode acontecer?

Quando o esgoto é bem tratado não é apenas a população que sai beneficiada, o governo também. A importância de um sistema hidráulico de coleta, bem como afastamento e tratamento de esgoto fazem parte da saúde pública.

O esgoto em contato com pessoas e animais pode proliferar doenças, poluir os corpos d’água dos receptores e afetar o meio ambiente. Do ponto de vista econômico, o tratamento adequado de fossa pode diminuir os gastos com tratamentos de doenças de origem hídrica, valorizar aquela área urbana, ampliar a segurança e economia e ainda aumentar o lazer e o turismo.

Consequentemente, o governo também ganha com isso. Mas, mesmo o próprio governo ganhando com isso, a realidade que vemos é outra. O descaso com a população continua. Esgoto correndo a céu aberto, fossas que estouram e ruas que ficam entupidas (principalmente em dias de chuva) devido ao esgoto.

Mas o descaso com fossas nem sempre é culpa do governo. Muitas vezes a população também é responsável por essa situação. O crescente aumento de lixo jogado em lugar incorreto e na rua aumenta as possibilidades das fossas ficaram entupidas em dias de chuva, afetando as ruas que ficam alagadas.

Em alguns casos a própria população joga dejetos em fossas improvisadas pelos mesmos moradores que ali vivem. E nessa situação que é tão comum em diversas cidades e regiões do Brasil, segundos os especialistas, é possível afirmar que o crescimento da cidade não foi aliado ao desenvolvimento da população.

Tratamento adequado

O descaso com as fossas causa uma série de consequências tanto para as pessoas que vivem naquele lugar, sem o tratamento adequado, bem como para o meio ambiente.

Além da contaminação do lençol freático, também o assoreamento de áreas de nascentes, impermeabilização do solo e o esgoto em contato direto com as fontes de água sejam rios, ou nos próprios poços.

O desenvolvimento das cidades muitas vezes não é acompanhado pela construção de redes de esgoto. E a combinação de poços e fossas nos quintais das casas facilitou e muito a contaminação dos lençóis freáticos.

Para que isso não ocorra, cada município, região, estado, tem secretárias e prestadoras de serviço que vão cuidar para queesses problemas não aconteçam. Por isso, as bocas de lobo, bueiros, galerias de águas pluviais, canalizações e retificações de córregos são de responsabilidade desses órgãos, já que a saúde pública é um direito de todos.

O esgoto doméstico é composto de água (99,9%), materiais sólidos e micro-organismos (0,1%). São estes micro-organismos que provocam a poluição das águas.

O tratamento de esgoto vai possibilitar condições mais naturais dos rios, preservando o meio ambiente e irá garantir uma água mais limpa. Além de evitar a propagação desses micro-organismos que podem contaminar o ar e o solo.

Como já explicado, população, governo e meio ambiente é que são os beneficiados com o tratamento adequado do esgoto e da água.

E concluindo mais este artigo do nosso blog é muito importante lembrarmos que para evitar o descaso, a limpeza da fossa deve ser feita por empresa de limpa fossa que respeite o meio ambiente, e para isso, ela deve estar licenciada junto a Cetesb.

Comentários para este post estão fechados.