Você sabia que as fossas contribuem com o meio ambiente?

meio-ambienteDe acordo com informações de uma cartilha publicada pela Fundação Banco do Brasil, a Organização das Nações Unidas (ONU), analisou os graves problemas mundiais, e com isso estabeleceu oito objetivos para transformar e melhorar o mundo.

O sétimo objetivo deles é Qualidade de vida e respeito ao meio ambiente. Dessa forma, é que entra em ação o uso de fossas para melhorar a qualidade de vidas das pessoas e do meio ambiente.

O saneamento básico ainda é apontado como um grave problema na humanidade. Para se ter uma ideia, 4 em cada 10 pessoas no mundo não tem acesso ao saneamento básico. E não é só isso, sem uma rede sanitária adequada, a água não é potável e pode contaminar as pessoas fazendo com que cerca de milhares de crianças morram no mundo sem o saneamento.

Por que contribui para o meio ambiente?

Além de fazer o saneamento básico adequado ela ajuda para a prevenção de doenças. Mas não adianta apenas ter uma fossa e não mantê-la em ordem e limpá-la quando necessário. Uma fossa requer procedimentos que precisam ser tomados para dar o devido fim aos dejetos.

Se não há a utilização de fossas, como o de fossa indevida as que chamam de fossa negra, há a contaminação do lençol freático, e o aumento de doenças.

Quais os benefícios de uma fossa?

  • Garantir o saneamento básico da família que ali vive;
  • Contribuir para o meio ambiente, pois com o uso de fossa adequada não estará prejudicando o meio ambiente como os dejetos despejados e não poluindo o solo;
  • Se os dejetos forem diretos para rios, ou córregos, podem colocar em risco a vida de animais;
  • Ajuda para um ambiente ecologicamente equilibrado;
  • Há algumas tecnologias relacionadas à implantação de fossas com baixo custo e a serviço do meio ambiente;

Novas ideias para ajudar o meio ambiente

Para ajudar o meio ambiente e contribuir para um mundo melhor, foi desenvolvida as fossas sépticas biodigestoras, desenvolvida pela Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), que criou um sistema de esgoto sanitário composto por três caixas coletoras de 100 litros cada uma.

Esse sistema desenvolvido é posto em prática em comunidades rurais e garantem o tratamento correto, pois são conectadas ao vaso sanitário e interligadas por tubos e PVC.

Dessa forma as fossas sépticas biogestoras garantem o saneamento básico da área rural e permite o tratamento de urina e fezes. Isso é realizado através da biodigestão que utiliza esterco bovino de animal da própria propriedade para eliminar os micróbios e dejetos humanos.

No final do processo é produzido um adubo natural líquido sem cheiro desagradável e sem problemas para a saúde humana e meio ambiente.

Fossa séptica sustentável

Já em Uberlândia, Minas Gerais, está sendo desenvolvido através do Departamento de Água e Esgoto de Uberlândia (DMAE), por meio do Programa de Proteção e Preservação das Nascentes do rio Uberabinha e Ribeirão Bom Jardim, um projeto de fossa séptica sustentável.

Essa fossa é feita com pneus, o recipiente é fechado, no qual os dejetos não entram em contato direto com o solo e o lençol freático. O material é composto por 10 pneus, canos de PVC e manta asfáltica para servir como seladora.

A fossa justamente é ecológica por usar pneus e pode custar até R$ 500,00, bem mais em conta que as outras fossas. O sistema é implantado principalmente em propriedades rurais.

É necessário repensar a implantação de fossas para os mais diversos lugares. Como já foi apontado, o uso de fossas para eliminação de esgotos e dejetos não contribui apenas para as pessoas, mas também para o meio ambiente. Isso porque além de garantir o saneamento básico, as fossas protegem o solo e a água da contaminação.

Serviços de limpa fossa 

Comentários para este post estão fechados.